Carregando

QUEREMOS LHE ENVIAR UM SUPER EBOOK QUE VAI AJUDAR EM SUA ROTINA DE GERENCIAMENTO DE DEMANDAS, APROVEITE, É GRÁTIS!

Nome inválido E-mail inválido Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde. Loading...
Parabéns! Enviamos seu ebook!

4 etapas que um freelancer iniciante não pode ignorar

Tags:
  • Freelancer
  • Gerenciamento de projetos
  • Gerente de Projetos
  • Gestão
  • Gestão de projetos
  • O que é gestão de projetos
  • Projetos

Todos sabem que absorver conhecimento e manter-se atualizado são itens obrigatórios para quem pretende sair de uma empresa e seguir carreira solo como freelancer, porém o assunto é muito mais complexo do que parece. Neste artigo irei abordar 4 etapas que podem definir se você terá sucesso e produtividade em sua jornada.

 

1 – Não seja mediano independente do seu nível de conhecimento

Em poucas palavras, ser mediano é contentar-se com o conhecimento que lhe mantem na zona de conforto.

Mesmo que você esteja iniciando, coloque-se em uma posição onde você seja constantemente desafiado e possa provar para quem observa o seu trabalho o quanto você não possui limites quando o assunto é “capacidade de fazer”.

Em diversos momentos o profissional acaba criando um limitador imaginário que permite com que seu network defina seu trabalho não é bom o suficiente.

Claro que você não irá oferecer serviços que não domina, mas, irá aprender demandas diferentes para que possa oferece-las e sair da sua zona de conforto.

 

2 – Não dê atenção ao preço dos sobrinhos, você não quer ser como eles

Se você fica chateado e vive repetindo que os sobrinhos prostituem o mercado, responda estas perguntas:

  • A clientela dos sobrinhos é a que você quer ter?
  • Esse cliente, quando pedir o menor preço, vai aceitar o menor resultado?
  • Você prestando serviço a um valor baixo, vai conseguir atingir seus objetivos?
  • Digamos que você assine um contrato de prestação de serviço com um cliente que tem o sobrinho como referência, você tem mais chances de uma experiência positiva ou negativa no processo? (Obs: Pode existir um cliente exceção)

 

3 – Seja muito, mais muito organizado com suas demandas

Mesmo que você seja mega comprometido com suas tarefas, a mente humana é propícia a falhas, um projeto que aparentemente parecia simples pode tornar-se o seu pior pesadelo.

Ao invés de tentar dominar pequenas e diversas tarefas de cabeça, usufrua de artifícios que iram facilitar o seu cotidiano, utilize metodologias de gestão e acostume-se com as mesmas para que no futuro você seja conhecido pela sua intensa produtividade.

Neste caso é totalmente válido utilizar ferramentas que lhe ajudem a manter-se organizado, existem diversas ferramentas que auxiliam na produtividade de forma gratuita.

Quando você estiver em um nível onde precise de uma ferramenta mais completa provavelmente terá que investir em uma, mais isso fica para um próximo artigo 😉

 

4 – Crie processos e seja feliz

Mesmo que você tenha total controle em relação a prestação do seu serviço, é necessário que você possua um processo que mostre uma linha do tempo.

Esta linha deve conter todo o caminho, desde o ponto inicial que seria a aquisição do cliente até a entrega da demanda.

Ter este processo evita que você caia em armadilhas que façam com que o resultado final seja indesejável tanto para você quanto para seu cliente.

 

 

Comentários do Facebook
4 etapas que um freelancer iniciante não pode ignorar
Avalie